Recursos

Posts em breve
Fique ligado...

12 e 13 de dezembro, Fundação Calouste Gulbenkian

Melhores Relações,
Para Melhor Serviço Público

Nota conceptual

Se os problemas começam nas relações, a solução também está nas relações.

Compreender as dinâmicas relacionais nos principais problemas complexos e, sobretudo, como construir relações de colaboração, de confiança e de consenso que mobilizem dentro de cada organização e entre elas, a energia e a inteligência coletiva necessária para vencer os maiores desafios.

Programa, dia 12

dia 12, 9h30

Sessão de abertura

António Feijó - Presidente Fundação Calouste Gulbenkian

Hugo Hilário - Presidente Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo
Rui Marques - Forum para a Governação Integrada
Ana Mendes Godinho - Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

dia 12, 10h15

Melhores relações, melhor serviço público

Jody Hoffer Gittell - Professora Brandeis University (USA)

Neil Denton - Relationships Project (UK)

dia 12, 11h30

Painel | Escolas Relacionais - melhores relações no ecossistema educativo
Sessões Paralelas 1

António Castel-Branco - Presidente do Conselho Escolas
Belen Blanco - Fundacion SM España
Margarida Zoccoli - Investigadora do ICS
Rui Grilo - Diretor da Microsoft Education
Moderação: Tânia Neves - IPAV

dia 12, 11h30

Painel | O papel dos espaços para a promoção de melhores relações
Sessões Paralelas 1

António Castro - Presidente da Gaiurb
Fernando Mendes - Fundador Coworklisboa e Professor no IADE
Paulo Morgado - Geógrafo no Instituto Geografia e Ordenamento do Território na Universidade de Lisboa
Paula Corte Real - Arquiteta Fundação Calouste Gulbenkian
Teresa Heitor - Arquiteta e Professora Universitária no Inst. Superior Técnico
Moderação: Luís Sousa - IPAV

dia 12, 11h30

Conversatório | Melhores relações para melhor serviço público na área social
Sessões Paralelas 1

Conversas em pequenos grupos sobre as implicações para a área social da ambição de melhores relações, partindo da experiência de Vila Nova de Gaia.

dia 12, 14h30

São as relações que mudam tudo

Polly Mackenzie - Autora do "The Social State: From Transactional to Relational Public Services" (UK)
Jacob Storch - Aarhus University (Dinamarca)
Joan Quintana - Instituto Relacional de Barcelona

dia 12, 15h30

Painel | Transição digital e melhores relações
Sessões Paralelas 2

Ana Vasques - Presidente do Inst. Segurança Social
Carlos Liz - Faculdade Letras da Universidade Coimbra
Elsa Castro - Vogal do Conselho Diretivo da AMA

Luís Goes Pinheiro - Presidente do Conselho de Administração da Serviços Partilhados do Ministério da Saúde

Moderação: Bernardo Sousa - Portugal Digital

dia 12, 15h30

Painel | Serviços sociais centrados nas relações: como fazer melhor?
Sessões Paralelas 2

Catarina Marcelino - Vice-presidente do Instituto da Segurança Social
Domingos Lopes - Presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional
Marina Mendes - Vereadora da Câmara Municipal Vila Nova de Gaia
Sérgio Cintra - Administrador da Santa Casa Misericórdia Lisboa
Moderação: Rui Nunes da Silva – IPAV

dia 12, 15h30

Conversatório | Melhores relações para melhor serviço no Emprego e Formação
Sessões Paralelas 2

Conversas em pequenos grupos sobre as implicações de melhores relações na área do emprego e formação profissional, a partir da experiência da equipa de Formadores em Liderança Colaborativa do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

dia 12, 17h00

Razões de esperança para um futuro mais relacional

Rui Marques - Presidente do Forum de Governação Intgrada

Solutions

We Plan, We Build,
We Deliver

We offer a comprehensive array of services, from the planning stage to post-construction facility management. You can count on the utmost professionalism in all that we do.

Contribuir para aumentar a capacidade de ação sistémica, holística e integrada, ao nível do desenho e implementação de políticas públicas, trabalhando em simultâneo todas as relações e interações de cada problema complexo.

Objetivos da Conferência

Promover o desenvolvimento de um novo modelo de liderança colaborativa, fortemente impulsionada por intervenientes mobilizados por este novo modelo de uma “Organização Relacional”.